artigo blog_franquia seguro auto_1920x825

Como funciona a franquia do seguro automóvel?

Sabe o que é a franquia do seguro? Descubra para que serve e como funciona a franquia de um seguro para o seu carro.

PUBLICADO A 11 DEZEMBRO 2023

Ativar ou não o seguro? Perante pequenos acidentes ou imprevistos, esta é uma questão que todos os condutores se colocam. A resposta pode estar num elemento incluído em todos os contratos, mas muitas vezes ignorado – a franquia do seguro automóvel. Descubra o que é a franquia, o que inclui e os cuidados a ter para escolher um montante que se adapte a si.

Franquia do seguro: significado?

A franquia do seguro automóvel corresponde ao valor estabelecido na apólice que fica a cargo do Tomador do Seguro e/ou do Segurado, em caso de sinistro.  O Segurador cobre o montante que exceder o valor da franquia (se aplicável), até ao limite de capital contratado.

Imagine que a franquia de uma determinada cobertura é de 300 euros: se o valor da regularização do sinistro for de 2.700 euros, o cliente assumirá o montante de 300 euros (referente à franquia) e o Segurador os restantes 2.400 euros.

Se, por exemplo, o capital seguro contratado, para determinada cobertura, fosse de 2.000 euros, em caso de sinistro, o Segurador só cobriria os danos até este limite.

Em determinadas coberturas, a franquia poderá ser dedutível por sinistro e aplicável sobre o montante apurado dos prejuízos indemnizáveis pelo Segurador.

Em alguns casos, a franquia pode ser apresentada como uma percentagem do montante seguro (por exemplo, 2% do capital seguro).

Em princípio, quanto maior a franquia do contrato de seguro, menor será o valor do prémio a pagar, uma vez que terá um custo superior ao ativar o seguro em caso de sinistro.

Onde verificar a franquia do seguro?

Verifique o valor da franquia associado ao seguro do seu veículo, bem como as respetivas condições e a que coberturas dizem respeito, na sua apólice de seguro.

Como escolher a franquia do seguro?

Siga estes passos para decidir a franquia do seguro que se adapta a si.

1. Analisar as condições do seguro 

O cuidado mais importante a ter ao selecionar uma franquia, no âmbito do seguro passa por analisar as suas condições contratuais, antes de assinar qualquer contrato. Certifique-se que compreende e concorda com todos os termos e condições, nomeadamente da franquia definida.

2. Comparar e negociar franquias

Analise as opções de franquia oferecidas pelo Segurador para encontrar a que mais adequada às suas necessidades. Algumas franquias podem ainda ser negociadas, no caso de não serem obrigatórias.

3. Avalie o custo-benefício

Seguros com prémios mais baixos tendem a ter franquias mais altas. O que funciona melhor para si?  Faça uma autoavaliação ao seu histórico e perfil de condução, avalie o estado e o valor comercial do seu veículo, a sua capacidade financeira, entre outros fatores que o vão ajudar a escolher o seguro automóvel mais adequado.

A franquia é um elemento essencial de qualquer seguro, e os seguros automóveis não são exceção. Procurar e negociar uma franquia mais reduzida pode ajuda a reduzir o valor a pagar, mas será que vale a pena? Esta é uma questão que depende essencialmente do histórico e contexto de cada condutor. A nossa equipa está à disposição para o ajudar a descobrir e ajustar uma franquia adequada a si e às suas necessidades. Entre em contacto!

Informação atualizada em: 11 de dezembro de 2023

Fontes utilizadas:

https://www.asf.com.pt/

https://www.acp.pt/veiculos/condutor-em-dia/o-que-saber-sobre-carros/o-que-e-a-franquia-do-seguro-automovel

PUB. Não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida.

O conteúdo desta página tem caráter meramente informativo, geral e abstrato. Não constitui parecer profissional, nem jurídico. Esta informação não dispensa a consulta da legislação em vigor, nem substitui o atendimento técnico qualificado prestado junto das entidades competentes.